EBC

Levando em conta o histórico de mais de 20 anos governando o estado mais rico da federação, qual é a política dos tucanos para a educação?

Lincoln Seco.: São Paulo passou por todo tipo de experiência errática. Eu estudei nos anos 1980 numa escola estadual que só tinha ensino médio. Nos anos 1990, soube que ela passou a ter ensino desde o fundamental. Agora, o Governo descobriu de novo que o melhor é separar. Os tucanos não têm uma política educacional. Seus “antepassados” tinham. Era oferecer o “ginásio” para uma parte da população mais pobre e reservar os graus seguintes às elites. O método era simples: quem aprendia ficava oito anos na escola, os demais eram excluídos com a mácula de “repetentes” ou nem ingressavam na escola. Agora, o que existe é só uma política de metas quantitativas: garantir um número grande de alunos dentro da escola em salas lotadas com professores mal pagos. Como o resultado disso é um dos piores ensinos do país, surge a noção puramente ideológica (essa sim produzida pelos neoliberais nos anos 1990) de que a solução é introduzir mecanismos de mercado e concorrência no sistema (bônus por “resultados”).

Veja mais em: http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Educacao/Lincoln-Secco-Os-tucanos-nao-tem-uma-politica-educacional/13/35129

 

Anúncios