Léon-Gontran Damas foi escritor, poeta e homem político francês, nascido a 28 de março de 1912 na Guiana Francesa e falecido a 22 de janeiro de 1978 nos Estados Unidos. 

Nesse momento apenas 
vocês todos pois compreenderão 
quando a eles vier a ideia 
em breve essa ideia a eles virá 
de querer espezinhar o negro 
à maneira de Hitler 
espezinhando o judeu 
sete dias fascistas 
por 

semana

(“S.O.S.”, Pigments Névralgies, Présence Africaine, 1972)

Aos Antigos Combatentes Senegaleses

aos futuros Combatentes Senegaleses
a tudo o que o Senegal pode gerar
de combatentes senegaleses futuros antigos
(…)
Eu peço a eles
que calem a necessidade que sentem
de pilhar
de roubar
de violar
de aviltar de novo as margens antigas
do Reno
Eu peço a eles
que comecem por invadir o Senegal
Eu peço a eles
que perturbem a paz “dos Arianos…
Em: (“S.O.S.”, Pigments Névralgies, Présence Africaine, 1972)
Veja mais em: http://ongartebrasil.blogspot.com.br/2013/05/poesia-negra-os-100-anos-de-leon_3119.html
Anúncios