‘Nós somos os Mau Mau’:

os quenianos que foram presos, espancados e

torturados pelos ingleses durante a luta pela independência.

É dezembro de 1952. Naomi Nziula Kimweli (foto acima), seu marido Kimweli Mbithuka Kilatya, e seus três filhos estão em um ônibus, retornando à sua cidade natal para celebrar o Natal em o que hoje é a região central do Quênia. A vida é boa: Kimweli trabalha no Departamento de Obras Públicas e Naomi está grávida de cinco meses do seu quarto filho. De repente o  ônibus é parado por soldados e eles então são postos para fora do ônibus…

Veja a historia dos abusos e malfeitos da ação colonialista inglesa no Quênia em:

http://www.aljazeera.com/indepth/features/2016/04/mau-mau-kenyans-share-stories-torture-160428131800531.html

Anúncios