O púrpura e a lavanda:

o womanism em A cor púrpura de Alice Walker

Por Raquel da Silva Barros

A partir da análise da literatura negra norte-americana, a autora analisa como os ideais do movimento abolicionista dos homens negros e do movimento feminista das mulheres brancas influenciaram no surgimento de um grupo que buscava a libertação tanto das ideologias racistas como das sexistas.

Leia em:

http://www.africaeafricanidades.com.br/documentos/14152011-16.pdf

Anúncios