Miniatura

No Twitter, o perfil oficial do Wikileaks afirma que o presidente interino do Brasil, Michel Temer (PMDB), foi informante da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil; segundo os documentos divulgados pela organização sueca, Temer teria falado com a embaixada via telegrama e o conteúdo seria classificado como “sensível” e “para apenas uso oficial”, no dia 11 de janeiro 2006 (quarta-feira), às 14h02 e no dia21 de junho 2006 (quarta-feira), às 16h05; “são opiniões sobre as eleições que ocorreriam em 2006, quando Lula foi reeleito”, diz
http://www.brasil247.com/pt/24..