Lupita Nyong’o volta ao Quênia em ensaio para a Vogue:

‘Quero criar oportunidades para outras pessoas negras’

É Lupita Nyong’o quem estampa a capa e o recheio da Vogue americana de outubro. Prepare-se, porque a atriz vencedora do Oscar e atual ícone do ativismo negro em Hollywood está simplesmente um deslumbre.

Ela voltou ao Quênia, terra natal de seus pais e onde foi criada (vale lembrar que Lupita nasceu no México) para ser clicada pelo prestigiado fotógrafo Mario Testino.

Além das fotos repletas de cores e exuberância, a edição traz uma entrevista com a estrela do novo e promissor filme da Disney, A Rainha de Katwe.

Na trama baseada em uma história real, ela dá vida à Nakku Harriet, mãe da protagonista Phiona (vivida pela estreante Madina Nalwanga). Como o nome sugere, a produção se passa em uma região de Uganda, o que Lupita comemora:

“Eu quero criar oportunidades para outras pessoas negras, porque sou sortuda o suficiente de ter uma plataforma para fazer isso. É por isso que Eclipsed [peça na qual atuou] e até A Rainha de Katwe são tão importantes, pois servem para mudar a narrativa e oferecer uma nova visão da identidade africana.”

Lupita levou a equipe da revista até a vila onde cresceu no Quênia para mostrar pessoas e cenários importantes em sua trajetória.

Lá, ela fotografou ao lado de sua avó paterna, Dorca, de 96 anos, fundadora de uma instituição que reúne jovens órfãos e pobres da região.

E mostrou toda a beleza dos trajes, adereços e acessórios típicos da região africana.

lupita 3

Veja mais em:

http://www.brasilpost.com.br/2016/09/15/lupita-ensaio-negras_n_12030754.html